Autor Tópico: Problema levantado pelo Sr. José Faro durante a discussão pública parlamentar  (Lida 14775 vezes)

Maio 19, 2008, 15:51:17 pm
Responder #15

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Boas ;D

Pelo que me foi comunicado hoje a primeira reunião terá lugar dia 31 de Maio das 15h às 19h.

Será realizada na Rua Luis Derouet nº 20 (que fica por trás do quartel em campo de ourique).

Abraço :D

Maio 19, 2008, 15:59:03 pm
Responder #16

Diana

  • *****
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Administrador
  • Mensagens: 255
    • Ver Perfil
Não posso estar em dois sítios ao mesmo tempo, mas vou tentar estar presente nesta sessão ;)

Beijinhos

Maio 26, 2008, 16:59:41 pm
Responder #17

Diana

  • *****
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Administrador
  • Mensagens: 255
    • Ver Perfil
Será que alguém me poderia explicar a melhor forma de ir ter ao local onde será realizada a reunião ??? Não conheço a zona...  :-\

Há mais alguém da APA-DA que está com intenções de ir assitir a esta reunião?


Beijinhos

Maio 27, 2008, 00:33:55 am
Responder #18

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Recebi esta mensagem para divulgar (espero que todos já tenham disto conhecimento) looooooool:
 
No âmbito da Discussão Pública sobre a Regulamentação das Terapêuticas Não-Convencionais, em curso até final de Junho, a Associação Profissional de Acupunctura e Medicina Tradicional Chinesa (APAMTC) vai promover, no próximo dia 31 de Maio (sábado), entre as 15h00 e as 19h00,  uma Sessão Pública de Esclarecimento e Reflexão sobre a Regulamentação da Acupunctura, que contará com a presença do representante da Acupunctura na Comissão para Regulamentação das Terapêuticas Não-Convencionais, Prof. Doutor José Faro.

A sessão decorre na Padaria do Povo, localizada na Rua Luís Derouet, nº 20 (por trás do Quartel de Campo de Ourique).
 

Maio 27, 2008, 00:34:53 am
Responder #19

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Diana, eu também não sei onde é. Ainda vou procurar. Em princípio devo ir de carro. Se quiseres combinar podemos encontrar-nos em algum lado e depois ir para lá.

Abraço ;)

Junho 02, 2008, 11:02:58 am
Responder #20

Andre

  • *
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Membro MC
  • Mensagens: 480
  • www.drandrecostasilva.com
    • Ver Perfil
Então, como correu isto? Há gravação audio para o pessoal que estava a 400Km de distância? :)

Junho 02, 2008, 14:58:41 pm
Responder #21

Miguel Gomes

  • *****
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Administrador
  • Mensagens: 457
    • Ver Perfil
    • Neturalmente

Tb estou curioso!

Nuno, arranja-se a gravação disto?


abc

Junho 02, 2008, 16:19:34 pm
Responder #22

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Infelizmente que eu saiba não existem gravalões. Estiveram poucas pessoas presentes. Na mesa estavam o José Faro, Deolinda Fernandes (directores da ESMTC) e Araújo Ferreira (presidente de mesa da APAMTC).
Na plateia estava eu, inicialmente apareceram 2 alunos da APA-DA e no fim uma terceira aluna. Estava també, um colega meu da ESMTC, 3 acupunctores do norte e a presidente da APA-DA (se não estou em erro).
Na minha opinião creio que correu bem, apesar da baixa assistência. Foi possível falar de vários assuntos que não foram discutidos na assembleia. Foi pena mesmo a pouca assistência. ;)

Junho 02, 2008, 16:27:02 pm
Responder #23

Miguel Gomes

  • *****
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Administrador
  • Mensagens: 457
    • Ver Perfil
    • Neturalmente

Que pena!

Podes fazer um pequeno resumo do que foi dito?


Junho 02, 2008, 23:09:59 pm
Responder #24

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Bem vou tentar lembrar-me do que foi dito. Não tirei muitas notas, mas podem tentar tirar ideias também dos outros colegas que lá estiveram.

Inicialmente começou o presidente de mesa da APAMTC a discursar. Foi um discurso virado para o Sr. Pedro Choy no âmbito da sua resposta que vôces já leram.

Depois o representante da acupunctura, José Faro, falou de vários assuntos. Nomeadamente:

1 - da necessidade de se ter criado o currículo de 3700 horas de forma a garantir a autonomia profissional.

2 - respondeu a algumas dúvidas mais especificas de alguns presentes, sobre o processo de regulamentação, credibilização.

3 - também respondeu a algumas críticas feitas publicamente pelo Sr. Pedro Choy ou por outras pessoas associadas. Em particular sobre informações falsas do processo de regulamentação - como os exames de 3 em 3 anos - ou outras como é o suposto benefício da ESMTC nesta regulamentação. Também se falou doutros argumentos como a forma como foram regulamentadas outras profissões no passado e fizeram-se comparações com a nossa.

4 - houve algumas questões que foram levantadas durante a discussão pública na Assemblei da República, como saber qual a importância do modelo californiano, que foram faladas e discutidas.

5 - Também se fez referência ao problema dos estágios tutelados dos profissionais e de como poderiam ser feitos. Mais uma vez foi apelado aos presentes que dedicassem algum tempo de reflexão a esta problemática de forma a ajudar os mais recentes profissionais. Apresentou-se uma solução semelhante aquela que eu já tinha apresentado no fórum sobre estágios para alunos ou profissionais.

6 - também se fizeram comparações, do processo de regulamentação, com outras profissões como a homeopatia, naturopatia, etc... de forma a mostrar que houve realmente intenção de tentar beneficiar ao máximo os profissionais e manter a salvaguarda da saúde pública.

7 - creio que também foi importante ter sido possível definir qual a real função desta comissão. Em particular no campo da salvaguarda dos interesses da profissão (autonomia profissional) e da saúde pública (garantir profissionais devidamente credibilizados).

Bem, de momento, não me lembro de mais nada.

No entanto, fica a promessa que vou pedir para gravar a próxima sessão e se possível fazer partes de filme ou tirar fotografias.

Abraço

PS: pedia que chamassem a atenção dos vossos colegas da APA-DA para participarem mais activamente neste tipo de reuniões uma vez que são dos principais interessados. Aqueles que forem de Lisboa, que venham assistir e que tragam dúvidas para que se possa falar abertamente.

Junho 03, 2008, 18:11:56 pm
Responder #25

Pedro

  • *
  • Information Offline
  • Full Member
  • Membro MC
  • Mensagens: 221
  • Diplomado
    • Ver Perfil

PS: pedia que chamassem a atenção dos vossos colegas da APA-DA para participarem mais activamente neste tipo de reuniões uma vez que são dos principais interessados. Aqueles que forem de Lisboa, que venham assistir e que tragam dúvidas para que se possa falar abertamente.

Quando se refere aos colegas da APA-DA serem os principais interessados quer dizer (pela leitura atenta do documento) os principais prejudicados?!
Procura aquilo que tens,perde tudo o que não achas...

Junho 03, 2008, 18:39:28 pm
Responder #26

Andre

  • *
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Membro MC
  • Mensagens: 480
  • www.drandrecostasilva.com
    • Ver Perfil
PS: pedia que chamassem a atenção dos vossos colegas da APA-DA para participarem mais activamente neste tipo de reuniões uma vez que são dos principais interessados. Aqueles que forem de Lisboa, que venham assistir e que tragam dúvidas para que se possa falar abertamente.
Nuno, já disse antes e repito: nós não precisamos de ser esclarecidos. Nós sabemos e soubemos ler a proposta e o que temos dito, é porque está lá escrito preto no branco. Virem dizer-nos que não é assim porque não será assim, é atirar areia para os olhos. Está lá escrito e se fosse aprovado assim, poderia ser executado assim... e isso não pode nem vai passar.
O que é preciso é abandonar a posição autista e aceitar as críticas e proceder ás alterações necessárias... e isto enquanto o podem fazer eles (vocês, se preferires) próprios. A julgar pelas ultimas posições da DGS, do Governo e dos deputados, eu diria que a vossa comissão e proposta já viram melhores dias... e não me parece que vá melhorar ;)

Já agora, só uma coisinha que não endereçaste: o Dr. Faro fez alguma referência ou deu alguma resposta ao que o deputado que presidiu à sessão de discussão disse sobre quem legisla não aplica e quem aplica não legisla? :)

Junho 03, 2008, 21:28:15 pm
Responder #27

Nuno Lemos

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 218
    • Ver Perfil
    • Acupunctura
Porque é que não vais lá perguntar isso da próxima vez? ;)

Se pudessem lá estar poderiam ver por vocês mesmos que existe interesse em não prejudicar ninguêm mas somente em servir a profissão o melhor possível.

Não sei de nada quanto à comissão ter melhores dias ou não. Mas sei que deitar abaixo esta regulamentação (seja autista aos olhos de alguns ou não) é mandar abaixo anos de trabalho em busca da nossa autonomia profissional. Há formas melhores de se vender a profissão.

Agora, fico triste por saber que pessoas estão dispostas a dar a facada mas não estão dispostas a participar e a ouvir e discutir os problemas. Pedia aos alunos que lá foram que se manifestassem acerca da opinião com que ficaram da reunião. Pode ser que seja´o meu autismo a não me deixar ver bem as coisas. :D

Discursos à base de teorias da conspiração não servem de muito. Especialmente quando sãi fundamentados em discursos do medo e da perseguição sem lógica. Aconselho vivamente a irem a essas reuniões. Se não quiserem não vão. Mas também não critiquem ou tirem juizos de valor quando não conhecem as pessoas ou não sabem o que realmente se procura fazer. ;)

Abraço

Junho 04, 2008, 01:48:14 am
Responder #28

tesourosmc

  • ***
  • Information Offline
  • Full Member
  • Mensagens: 146
    • Ver Perfil
Eu estive na Assembleia da Republica na ultima sessao promovida pelo BE, achei curioso a quantidade de vezes que os alunos da APA-DA colocaram as mesmas questoes.

Agora sei que a grande maioria das pessoas que interessadamente colocaram estas questoes, nao foram á sessao de esclarecimento.

Para mim no dia da Assembleia ficou claro que nao vou gastar o Qi em discussoes, mas sim em divulgar a MTC.

Um abraço
Medicina desportiva não-convencional

http://mtcdesporto.wordpress.com

    * Acupunctura
    * Massagem Terapeutica Tui Na
    * Medicina herbal

Junho 04, 2008, 02:16:27 am
Responder #29

Andre

  • *
  • Information Offline
  • Sr. Member
  • Membro MC
  • Mensagens: 480
  • www.drandrecostasilva.com
    • Ver Perfil
Porque é que não vais lá perguntar isso da próxima vez? ;)
Primeiro porque vivo a 400Km de Lisboa. Portugal é muito mais que Lisboa e como o combustível e as viagens de transportes públicos estão caríssimos, lamento mas não é só "querer".
Em segundo, gastar tempo para ouvir quem escreveu a proposta a dizer-me que o que está escrito não interessa porque na prática não vai ser exactamente assim, é uma perda de tempo e um insulto à minha inteligência.
Façam uma sessão interessante (i.e. que não seja de "esclarecimento") no Porto e logo falaremos.

Em todo o caso, custa muito responder a uma pergunta tão simples? Eu compreendo que sim.
Já agora aqui vai outra: com que cara ficariam se a proposta fosse *chumbada* por causa disso? Com que cara (e lata) voltariam a pegar no processo? Eu teria vergonha... muita vergonha.

Citar
Se pudessem lá estar poderiam ver por vocês mesmos que existe interesse em não prejudicar ninguêm mas somente em servir a profissão o melhor possível.

Não sei de nada quanto à comissão ter melhores dias ou não. Mas sei que deitar abaixo esta regulamentação (seja autista aos olhos de alguns ou não) é mandar abaixo anos de trabalho em busca da nossa autonomia profissional. Há formas melhores de se vender a profissão.

Agora, fico triste por saber que pessoas estão dispostas a dar a facada mas não estão dispostas a participar e a ouvir e discutir os problemas. Pedia aos alunos que lá foram que se manifestassem acerca da opinião com que ficaram da reunião. Pode ser que seja´o meu autismo a não me deixar ver bem as coisas. :D

Discursos à base de teorias da conspiração não servem de muito. Especialmente quando sãi fundamentados em discursos do medo e da perseguição sem lógica. Aconselho vivamente a irem a essas reuniões. Se não quiserem não vão. Mas também não critiquem ou tirem juizos de valor quando não conhecem as pessoas ou não sabem o que realmente se procura fazer. ;)

Abraço
Se pudesse lá estar e ouvir todas as palavras cheias de boas intenções (e todos sabemos o que é que está cheio de boas intenções), nada disso mudaria o que está escrito e previsto na proposta e isso ninguém me desdisse nem vai desdizer enquanto não for alterado. Tenho formação e inteligência suficientes para compreender bem e não preciso que mo "esclareçam".

Como tal, por mim não tenho pena nenhuma se isto for completamente deitado abaixo. Se o for, foi porque esta comissão foi casmurra ao ponto de mais depressa partir que dobrar. Não foi por falta de aviso, questionamento ou chamadas de atenção.

Mais uma vez, dispostos a participar? De quê? De "esclarecimentos"? Não "nos" insultem a inteligência.

Não são teorias da conspiração, está escrito preto no branco e só vejo a própria comissão e os seus a dizer o contrário. Se calhar é coincidência.

Eu estive na Assembleia da Republica na ultima sessao promovida pelo BE, achei curioso a quantidade de vezes que os alunos da APA-DA colocaram as mesmas questoes.

Agora sei que a grande maioria das pessoas que interessadamente colocaram estas questoes, nao foram á sessao de esclarecimento.
Sim, interessadamente. Interessa-lhes/nos/me que o futuro da Medicina Chinesa esteja ao alcance de todos e seja dirigida por alguém democraticamente eleito para tal, e não que seja algo feito à medida de alguns que por acaso saíram da escola do membro da comissão (sim, só por acaso) e definitivamente NÃO seja controlado de forma vitalícia pela mesma pessoa que por acaso (again) até foi quem legislou sobre a matéria.
Interesses destes apoio eu sem problema nenhum.

Já agora, não sei se reparaste mas não foram só os membros da APA-DA. Foram também os de outras associações que "consta" que estão a trabalhar *com* a APA-DA/APPA e que perfazem entre si 80 ou mais % dos acupunctores nacionais. Assim que o recenseamento estiver em curso e for eleito alguém, logo vemos o que acontece a esse argumento. Na volta levanta-se algum indivíduo com um ataque de histeria a acusar de um ataque á democracia e a uma lei que ninguém mencionou. Ah espera... já vi esse filme antes ;D
(Alguém disperse o fígado ao homem... tanta compressão de xue não pode fazer bem a ninguém.)